Zumbi Nas Eleições: Simone Tebet Fala Sobre Politicas De Inclusão Dos Negros Em Seu Projeto De Governo

Na tarde dessa sexta-feira,  23 de setembro, a candidata à presidência Simone Tebet do MDB visitou a Universidade Zumbi dos Palmares para falar sobre seu projeto de governo que segundo ela é inclusivo, e tem como prioridade uma política nacional de equidade racial . “O Brasil só vai ser verdadeiramente justo se for incluso os 215 milhões de brasileiros, e não se garante um Brasil evidentemente justo se não garantir igualdade de oportunidade para todos. Então diante disso eu me apresento a vocês do lado da Senadora Mara Gabrilli para dizer que um dos quatro eixos do nosso governo é o governo da inclusão.”

A respeito da inclusão de negros nas políticas públicas Tebet destacou que pretende manter a política de cotas, inclusive defendendo essa como a única forma de alcance da equidade racial. Ao ser questionada sobre a sua principal proposta a respeito da inclusão de negros, afirmou: “Primeiro o Brasil precisa se reconhecer enquanto povo negro, assumir que o racismo no Brasil é estrutural e que a gente só acaba com racismo estrutural modificando a cultura de um povo. Isso acontece dentro de sala de aula. Portanto, as cotas afirmativas vieram para ficar e serem aperfeiçoadas nas escolas, nas universidades, nos cargos públicos. E tem que ser piso para que todos aqueles que de alguma forma incentivarem abrindo vagas no mercado de trabalho por exemplo para negros, pardos, acima da cota. Para que possam inclusive ser premiados com isenção tributária e incentivo”.

 

A respeito da ocupação de negros na política ela critica o fato de que muitos negros são usados como laranja, como forma de cumprir tabela e nenhuma política pública irá avançar se não tivermos  sub-representações. Simone orgulha-se da sua emenda criada na constituição propondo que o partido que eleger homens e mulheres negros, vão contar em dobro para o fundo partidário eleitoral. Dessa forma o avanço no que diz respeito as sub-representações acontece.

 

 

Igualdade Salarial Entre Homens E Mulheres Um Dos Pilares Mais Defendidos Por Simone Tebet

A Candidata  foi responsável por aprovar juntamente com a bancada feminina uma lei que iguala o salário dos homens e das mulheres. A questão de igualdade salarial entre homens e mulheres é uma das principais medidas defendidas por Tebet, pois segundo a mesma não consegue garantir cidadania quando você tem uma desigualdade salarial entre homens e mulheres, especialmente mulheres negras. Como líder da bancada feminina e se eleita a presidente da república ela pretende pedir  para o presidente da câmara pautar e sancionar a lei que iguala o salário de homens e  mulheres negras. Até porque as mulheres negras são as mais prejudicadas porque ganham até 40% menos.  Ela afirma que é preciso fazer um recorte de empreendedorismo das mulheres pretas porque na transversalidade acabam recebendo menos salários.

 

 Cultura E Equidade

Simone pretende repor as políticas públicas que segundo ela foram destruídas pelo atual presidente, criando uma secretaria nacional de equidade seu intuito é ouvir as pessoas e trazer a equidade racial para incentivo inclusive da iniciativa privada para contratar mais negros no Brasil. Seu intuito também é recriar o ministério da cultura trazendo a lei Rouanet de forma reestruturada, alcançando a multiforme cultura brasileira que foi prejudicado assim como as organizações que defendem a cultura afrodescendente.

 

Continue acompanhando a Zumbi nas eleições!

 

 

 

Sua opinião!

Gostou do artigo? Quero muito saber a sua opinião. Escreva um comentário!