3 de julho, Dia Nacional de Combate à Discriminação Racial

A data traz a oportunidade de refletir sobre a discriminação racial, bem como motivar a criação de iniciativas que tentem garantir o respeito pelas pessoas, uma tentativa para erradicar o preconceito.

Dia nacional de combate à discriminação racial, 3 de julho, recorda a aprovação da primeira lei contra o racismo no Brasil, ainda que se veja , seja no esporte ou no mercado de trabalho, nas ruas e no dia a dia do brasileiro, a discriminação racial e o preconceito estrutural ainda são persistentes.

A data é uma referência à aprovação, pelo Congresso, da Lei Afonso Arinos (Lei 1.930, de 1951), que tornou contravenção penal o racismo. A norma, que completa 70 anos, é considerada a primeira contra o racismo no Brasil, hoje crime inafiançável. Ainda em 1985, outra modificação passou a considerar a prática racista como crime inafiançável e a pena foi ampliada para até cinco anos de prisão.

 

 

Sua opinião!

Gostou do artigo? Quero muito saber a sua opinião. Escreva um comentário!