Carolina de Jesus, Geraldo Filme e outras personalidades negras ganharão estátuas na cidade de SP

A Prefeitura de São Paulo informou que a cidade irá ganhar cinco estátuas que homenageiam personalidades negras que nasceram ou fizeram história na capital. A escritora Carolina Maria de Jesus, o músico Geraldo Filme, o atleta olímpico Adhemar Ferreira da Silva, a sambista Deolinda Madre (madrinha Eunice) e o cantor Itamar Assumpção serão os homenageados. As obras devem começar em setembro deste ano e a previsão é que sejam instaladas em até seis meses.

Conheça os homenageados

Carolina Maria de Jesus

Carolina Maria de Jesus é uma das escritoras mais lidas do país. Lançado em 1960, seu primeiro livro, “Quarto de Despejo”, foi um sucesso. A escritora vendeu cerca de 3 milhões de livros, em 16 idiomas. Ela viajou pelo país e atraiu multidões. Carolina saiu de Sacramento, no interior de Minas Gerais, para tentar a vida em São Paulo, onde se instalou na favela do Canindé, na Zona Central. Ela saía todas as noites para trabalhar como catadora. Logo, o papel virou matéria-prima para relatar o cotidiano da favela em que morava.

Localização da estátua: Parque Linear Parelheiros, onde Carolina viveu por muitos anos, e onde estão o Centro de Cidadania da Mulher e o Ponto de Leitura Carolina de Jesus.

Geraldo Filme

Geraldo Filme (1928 – 1995), é um dos bambas pioneiros do samba de São Paulo. Inconformado com a hegemonia do samba carioca na mídia nacional, Geraldo Filme lutou para inserir São Paulo no mapa do samba feito no Brasil ao lado de outros bambas conterrâneos como o mais lembrado Adoniran Barbosa.

Localização da estátua: Praça David Raw, na Barra Funda, próximo ao antigo Largo da Banana, muito frequentado por Geraldo e marca do samba paulistano.

Adhemar Ferreira da Silva

Campeão olímpico no salto triplo em Helsinque 1952 e Melbourne 1956, Adhemar Ferreira da Silva ainda é o único atleta nacional a conquistar dois ouros consecutivos no principal evento esportivo do planeta. Está no Hall da Fama da World Athletics (Federação Internacional de Atletismo). É considerado por inúmeros atletas olímpicos brasileiros como o decano.

Localização da estátua: Canteiro central da Avenida Braz Leme (Casa Verde), no bairro onde o atleta sempre morou na Casa Verde e onde clubes de atletismo surgiram a partir do sucesso dele.

Deolinda Madre (madrinha Eunice)

Deolinda Madre, conhecida como madrinha Eunice, fundou uma das primeiras escolas de samba de São Paulo, a Lavapés, na década de 30, no bairro do Glicério, no Centro. A escola já foi sete vezes campeã do Grupo Especial nos anos 1950 e 1960.

Localização da estátua: Praça da Liberdade, local sugerido por familiares.

Itamar Assumpção

Itamar Assumpção é um dos principais nomes do movimento “Vanguarda Paulista”, ao lado de Arrigo Barnabé, Grupo Rumo e Premeditando o Breque (Premê). Nascido em Tietê, no interior de São Paulo, o cantor já teve músicas de sua autoria gravadas por Rita Lee, Cássia Eller, Tom Zé, Ney Matogrosso e Zélia Duncan.

Localização da estátua: ainda em definição.

Sua opinião!

Gostou do artigo? Quero muito saber a sua opinião. Escreva um comentário!