Dica de leitura: “Cartas da prisão de Nelson Mandela” traz exemplos de afeto e resistência

Cartas da prisão de Nelson Mandela é uma obra histórica: a primeira – e única – coleção autorizada de correspondências que abarca os vinte e sete anos em que o líder sul-africano esteve encarcerado. Lançada simultaneamente em diversos países, a publicação celebrou também o centenário de Mandela, em  2018. Comoventes, fervorosas, arrebatadoras e sempre inspiradoras, as mais de duzentas cartas – muitas das quais nunca vistas pelo público – foram reunidas a partir de coleções públicas e privadas. O livro inclui um prefácio escrito por Zamaswazi Dlamini-Mandela, neta do grande líder. Um retrato íntimo de um ativista político que também era marido devoto, pai afetuoso, aluno dedicado e amigo fiel.

O livro está entre as indicações de leitura que o reitor José Vicente compartilhou em entrevista à Revista PODER. “Um livro fabuloso que reúne as correspondências que Mandela trocou durante os 27 anos em que esteve preso na África do Sul. Em cada uma delas, um profundo aprendizado. Vale muito ler.”, disse.

Sua opinião!

Gostou do artigo? Quero muito saber a sua opinião. Escreva um comentário!