Marcos da Costa: “A FAZP é um símbolo de resistência”

O presidente da OAB de São Paulo, Marcos da Costa, começou a palestra, lembrando os quase 50 anos de morte de uma personalidade importante na área dos direitos humanos – Martin Luther King Jr. discorreu sobre como a justiça, e, por conseguinte, o direito pode influir na vida das pessoas. para ele, é uma oportunidade única de levar um ‘sopro’ de liberdade aos mais carentes.

Ao se lembrar do período final da ditadura, em meados dos anos 1980, quando se iniciava na profissão, Marcos da Costa buscou na memória a origem humilde e trouxe a realidade para os alunos, que se identificaram imediatamente, aplaudindo-o. “não podemos dissociar a democracia do direito para servir à nossa comunidade e ao nosso país”, enfatizou. ”parabéns por escolherem o direito e a zumbi dos palmares”, finalizou.

Sua opinião!

Gostou do artigo? Quero muito saber a sua opinião. Escreva um comentário!