No Jornal da Cultura José Vicente critica a atuação de Sergio Camargo à frente da Fundação Palmares

Convidado da bancada do Jornal da Cultura na última sexta-feira, dia 23, o reitor da Faculdade Zumbi dos Palmares, José Vicente, criticou a atuação de Sergio Camargo à frente da Fundação Palmares. “A fundação Palmares está sendo instrumentalizada para um fim político, e um fim político que agrade o discurso reacionário e racista do presidente Bolsonaro. Ele precisava de um operador, e conseguiu encontrar um em Sergio Camargo”, disse. “Precisaria um simples promotor entrar com uma ação liminar e determinar que esse cidadão fosse extirpado da Fundação Palmares, porque ele está produzindo um dano para todo o povo brasileiro. Não tem estatura, não tem envergadura, não tem grandeza”, completa o reitor.

A Coalizão Negra por Direitos, com mais de 200 organizações em defesa de direitos de afrodescendentes, denunciou o presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo, à Organização das Nações Unidas (ONU) por violações de direitos humanos. O grupo afirma que “constantes ataques ao patrimônio histórico e cultural da população negra e aos direitos humanos, bem como os constantes ataques a jornalistas e ao trabalho de comunicação voltados às denúncias públicas sobre temas relacionados a racismo” são o motivo da denúncia. Ressaltam ainda, que os ataques promovidos por Camargo “são graves e constantes” e “tem trilhado uma cruzada ideológica contrária aos direitos humanos e às conquistas de direitos da população negra”.

Sua opinião!

Gostou do artigo? Quero muito saber a sua opinião. Escreva um comentário!