OABRJ reafirma apoio às cotas raciais e de gênero nas eleições da Ordem e da Caixa

O Conselho Seccional da OABRJ declarou por unanimidade apoio às cotas raciais e de gênero que vão começar a valer nas próximas eleições da Ordem dos Advogados do Brasil, em novembro. As chapas que concorrem à gestão do sistema OAB, em todos os níveis, inclusive nas Caixas de Assistência, terão a obrigação de observar o percentual de 50% para mulheres e 30% para advogados pretos e pardos. A ação afirmativa foi aprovada pelo Conselho Federal da OAB em novembro de 2020.

O tema foi levado à pauta do Pleno pelo conselheiro seccional da OABRJ Humberto Adami, que preside a Comissão Nacional da Verdade da Escravidão Negra no Brasil, do Conselho Federal da OAB e da seccional fluminense. “As galerias de fotos de ex-presidentes em todos os quatro cantos do país não mentem. Em regra geral, exibem homens brancos. A OAB ingressa, em novembro, na mais profunda revolução silenciosa de sua história. A Ordem jamais será a mesma”, diz a nota de apoio do colegiado às cotas.

 

Sua opinião!

Gostou do artigo? Quero muito saber a sua opinião. Escreva um comentário!