Tanzaniano Abdulrazak Gurnah é o vencedor do Prêmio Nobel de Literatura 2021

Depois de nove anos, desde 2012, sem premiar um escritor que não fosse europeu ou norte-americano, romancista africano Abdulrazak Gurnah, da Tanzânia, é o vencedor do Prêmio Nobel de Literatura 2021. A justificativa ao ser anunciado pela Academia Sueca como premiado foi pela “penetração inflexível e compassiva aos efeitos do colonialismo e do destino dos refugiados no abismo entre culturas e continentes”.

Gurnah é autor de dez livros, tendo sito também professor de inglês na Universidade de Kent (Inglaterra) e membro do júri do Prêmio Man Booker, em 2016. Apesar de sua língua materna ser o suaíli, o autor escreve em inglês e seus livros mais conhecidos são “Paradise” (1994), “Desertion” (2005), e “By the Sea” (2001). Suas obras centram em temáticas relacionadas aos refugiados, tendo ele mesmo, ca década 60, se mudado para o Reino Unido como refugiado.

 

Sua opinião!

Gostou do artigo? Quero muito saber a sua opinião. Escreva um comentário!